Voe

Sois apenas pássaros perdidos
Que num pouso forçado,
O desânimo visitou.
Mas quantos voam ao teu lado…

One Response

  1. rosangela 21 de março de 2009

Deixe uma resposta