Te amo simplesmente

Não te amo
Como se fosse rosa de sal,
Topázio, ou flecha de cravos que
atiram chamas;
Te amo como se amam certas coisas escuras
secretamente entre a sombra e a alma;
Te amo sem saber como, onde e quando;
Te amo simplesmente…
Sem complicações,
Sem orgulho;
Assim te amo,
Porque não conheço outra maneira…
Tão profundamente,
Que tua mão no meu peito e a minha,
Tão profundamente,
Que quando fecho os olhos,
Contigo eu sonho.

Deixe uma resposta