Sorry?

Meu amor,

sei que este meu ciúme exagerado e doentio te aborrece demais. Sei que este é o maior mal para quem deseja manter uma relação amorosa saudável, mas às vezes, por mais que eu tente controlar, não consigo…
Sabe, não é desconfiança. Pelo contrário, sei que você é uma pessoa íntegra e leal, mas este tipo de sentimento brota sem que eu tenha qualquer controle.
Quando racionalizo, percebo que tudo não passa de má fantasia, de pesadelo, mas quando a mente clareia e eu consigo perceber quanta bobagem me contaminou, você já se aborreceu e eu já sofri demais.
Quando o ciúme me invade, o limite entre imaginação e certeza quase desaparece, e isto me traz uma angústia muito grande. Mas, prometo tentar melhorar, prometo tentar avaliar todas as situações com mais calma, pelo bem do nosso amor.
Por favor, tenha apenas um pouco mais de paciência, pois eu vou procurar ajuda para tentar me livrar desteveneno.

Beijos com amor.

Deixe uma resposta