Simples

Ah, se te amar fosse tão simples Eu nunca mais precisaria te pedir perdão Ah, se o amor, fosse simples De nada adiantaria então Te dizer todas estas coisas Você então saber o quanto eu gosto De você… Ah, se eu conseguisse enfim Desvendar todos os mistérios E saber o que se passa em mim Se eu ao menos pudesse… você sabe Você sente, não é? Ah, meu amor, se eu pudesse te dizer Mas tudo bem, eu sei No fundo, você sabe. Você sente não é? Ah, é isso então que eu sinto por você E por isso sei Que nada foi em vão (que nada foi em vão) Ah, se amar fosse tão simples Eu nunca estaria aqui Te escrevendo, em lágrimas, em páginas Segredos de um coração. Sobre esse amor que tenho aqui Que posso sentir…

Bruna Mayara Strobel

4 Comments

  1. EU 19 de março de 2010
  2. Angelita 27 de julho de 2010
  3. zuleide alves da silva 29 de março de 2012
  4. zuleide alves da silva 29 de março de 2012

Deixe uma resposta