Rotina

Há esses dias sempre iguais, colhendo a criatividade
Me faz pensar que a vida é uma corrente
Que te amarra nas convenções, reprimindo a tua vontade.
Porque se pudesse faria diferente
Faria com que meus dias fossem
Multicoloridos …
De intermináveis alegrias
Com o sol a falar por mim
A minha alma ficaria leve como uma borboleta num jardim.
E com certeza muito feliz seria!!!
Há essa rotina, quizera que acabasse
E que em seu lugar surgisse
Os jardins com suas roseiras frondosas
O céu infinito, com as estrelas brilhantes
Acabaria a rotina
E meu mundo seria um mar de rosas…

Deixe uma resposta