Quando a solidão chega

Quando a solidão chega
invadindo meu mundo
queria enlouquecer de vez,
pra não parar pra pensar.
Pra não sentir o que estou sentindo.
Quando a solidão chega
vejo meu coração aos cacos
e me pergunto em desatino:
Será culpa do destino?
Quando a solidão chega
olho a minha volta e não vejo nada.
Me agarro a qualquer coisa
que é pra ver se sobrevivo.
Quando a solidão chega
o corpo cansado já não aguenta
a dor contida, a alma entristecida.
Quando a solidão chega
vejo que não posso parar pra pensar.
Não posso enlouquecer.
Preciso seguir em frente,
mesmo sem saber
a onde vou chegar.

Deixe uma resposta