Poeminha sobre o Trabalho


Chego sempre à hora certa,
contam comigo, não falho,
pois adoro o meu emprego:
o que detesto é o trabalho.

Millôr Fernandes, in “Pif-Paf”

Deixe uma resposta