Poeminha de Homenagem à Preguiça Universal


Que nada é impossível
não é verdade;
todo o mundo faz nada
com facilidade

Millôr Fernandes, in “Pif-Paf”

Deixe uma resposta