Poema da Saudade

Noite eterna este sentimento…
Que rola ardente dentro do peito…
Tortura e mágoa, é dor presente…
Saudade do amor ausente…
Quisera ser o vento…
Seguir na existência o tempo…

Da tempestade participar com alegria…
E a saudade espalhar nas areias…
Deixar onde haveria de estar…
E entre lamentos fazer-me ouvir…

Nos uivos sibílantes…
Daquele vento cortante…
Grito d’alma errante…
E dizer-te: Adeus saudade!!!

Autor: Eli Estrela

Fonte: Mensagens e Poemas

One Response

  1. RITA 13 de março de 2012

Deixe uma resposta