Pedra Preciosa

Um pesquisador de jóias e pedras preciosas estava viajando, como de costume em busca de algo novo.
Quando resolveu parar e pedir um copo de água em um casebre à beira da estrada.
Bateu à porta e uma mulher vestida com roupas bem surradas lhe atendeu.
Prontamente se dispôs a saciar sua sede.

O homem parado começou observar a pobreza da família e sentiu-se penalizado, pensou em ajudá-los…
Olhou em volta para tentar descobrir o que poderia fazer por eles;
Onde estaria a sua maior dificuldade ou necessidade para que pudesse fazer alguma coisa.
Foi então que algo curioso aconteceu!
Pouco mais adiante dele.
Brincando feliz no terreiro, estavam duas crianças sujas de terra dos pés à cabeça e rodando algo que lhes faziam muito feliz:
Uma velha enorme pedra empoeirada…
O homem observou aquilo e achou interessante como duas crianças poderiam se divertir com algo tão peculiar.
Mas… Acabou notando que de peculiar alí não tinha nada, aquilo era nada mais nada menos, que uma enorme pedra preciosa que valia uma fortuna e eles inocentemente estavam jogando-a de um lado para outro no quintal.

Enquanto passavam necessidades que com um pedacinho só daquela pedra poderiam suprir…
Aquela família precisava apenas de alguém que lhes ajudasse a perceber o valor daquilo…
E ali estava o homem, agora só dependia deles aceitar ou não, sua ajuda…

Conclusão:
Quantas preciosidades já tivemos em nossas mãos e nem soubemos reconhecer?
Quantas coisas e pessoas próximas de nós que nem notamos e nem dedicamos atenção?
Deixamos de viver… Muitas vezes…
Porque não percebemos o que temos:
O dom maravilhoso da vida…
Da vida em Deus.

Fonte: Mensagens e Poemas

One Response

  1. luizia 17 de junho de 2010

Deixe uma resposta