O encontro

E lá estava eu contemplando a beleza do mar
Com meu olhar perdido no tempo,
Como se estivesse esperando por algo que havia roubado minha felicidade
Não esperava por ninguém, apenas me perdia olhando para o horizonte
Tentando compreender o porque de tantas dúvidas em minha vida
Mas enfim, você chegou…
Se aproximando de mim como a brisa que soprava do mar
E quando percebemos já estávamos ali trocando olhares
A tarde caía e com ela o por do sol que chegou para testemunhar
Aquele encontro que seria selado pelo encontro de nossos lábios.
Você se mostrou muito especial e eu era apenas uma criança…
Com pernas trêmulas e coração disparado
Como estivesse ganhado seu brinquedo favorito.
Os dias se passaram e aquilo que parecia brincadeira
Deixou

Deixe uma resposta