O Cervo Doente

Um Cervo doente e incapaz de andar, repousava quieto em um pequeno pedaço de pasto fresco.

E aqueles que se diziam seus amigos, então vieram em grande número para saber de sua saúde. E cada um deles, servia-se à vontade da escassa grama daquele reduzido pasto, que lá estava para seu próprio sustento.

Assim ele morreu, não da doença da qual padecia, mas por falta de alimento, uma vez que não podia caminhar para ir buscar em outro lugar.

Moral da História:
As más companhias sempre trazem mais infortúnios que alegrias.

Autor: Esopo

Deixe uma resposta