Nosso Natal

Dai, senhor aos que sofrem
Um Natal diferente,
Que ao pobre não falte o pão,
E a vossa compaixão
Cure nosso irmão doente.

Oh! Senhor, neste Natal
Olhai nossa criança,
Tão sofrida e tão carente
Pequenina e inocente
Sem sonho e sem esperança.

Oh! Senhor, neste Natal
Abre o meu coração,
Me ensina a amar
Para eu poder perdoar
A falha do meu irmão.

Sino que toca suave
Lá na torre de Belém,
Toca o meu coração,
Pois, a dor do meu irmão,
Deve ser minha também.

Já me deste tantas coisas
Já te fiz tantos pedidos,
Nesta noite de Natal
Com teu amor fraternal
Proteja os excluídos.

O Natal é esperança
O Natal é paz e sonho,
O meu coração me diz
Vou fazer alguém feliz
Com o pouco que disponho.

O Natal é oportunidade
Que tem o povo cristão,
De rever a consciência
Com amor e penitência
Abrandar o coração.

Abra o seu coração
Se mostre mais solidário,
Faça uma boa ação
Pois, do mundo a salvação
Veio do filho de um operário.

Toca o sino de Belém
O Amor se irradia,
Raio de esperança
Me torna uma criança
Num momento de magia.

O anjo anuncia a chegada do menino
Que vem salvar o mundo,
O rico e o pobre

Deixe uma resposta