Não demores

Sinto falta de ti
do teu beijo, do teu querer
do teu abraço que é meu refúgio
do teu carinho o meu reviver
do teu colo, o meu remanso
do teu desejo que é meu prazer.
Onde estás?
Meus braços te esperam
minha boca precisa da tua
meu corpo deseja o teu .
Teu desejo, deixa minh

Deixe uma resposta