Não culpe a Deus

Se algo não tem dado certo em sua vida, não culpe a Deus
Se certas coisas não caem do céu como resposta, Ele não é culpado também
Quem enviou Seu Filho, para, na terra, levar a palavra santa, não se preocupa com coisas materiais que o homem teme perder mais que a fé
Esse mesmo ser tem esperado mais por milagres dos santos fabricados por suas mãos

Do que do filho de um Deus vivo que se encontra de braços abertos
Só quem ama de verdade morreria por cada um de nós
Porque sempre esteve convicto de que a vitória é a salvação, a qualquer custo para tirar o sofrimento que invade a vida aflita

Não existe nada que o homem tenha vivido e sentido na pele sem que esteja presente e justificado nas palavras ditas há séculos e séculos
E por mais que o ser humano tente não acreditar, por sua descrença
O mundo vai perdendo a força para que possa mostrar
Sua dor através da natureza
Porque a espécie mais temida entre todos os seres vivos ainda continua sendo o homem
Que polui, que mata, que inventa e não aceita no coração essa palavrinha pequena, remédio de salvação contra o ceticismo: F-

3 Comments

  1. Maria do Socorro F. de Vasconcelos e Sá 21 de fevereiro de 2009
  2. tereza dos santos 26 de fevereiro de 2009
  3. Marinele Antunes 18 de março de 2010

Deixe uma resposta