Na noite da cura

A noite chega,
dobro os joelhos,
Oro para Deus,Oro para cristo
tenha compaixao,de perdao para aqueles sem paixao.

A noite chega,
Deito na cama,pego a bíblia,
Oro para Deus,Oro para cristo,
Cristo meu ser,amado senhor és,cuide das crianças,mais a fome ainda é a abragancia.

A noite chega,
Vou passear,chego ao sertao e começo a orar,
Oro para Deus,Oro para Jesus
Cristo amado,senhor dos fiéis,ouça a minha oração e venha me ajudar.

A noite chega,
parece cega,cega como uma cobra,
chega a noite devagar,olha a terra e começo a cantar,
Deus,cristo amado,Senhor da terra,venha destruir a fome e o seu povo unificar

André Carreiro

Fonte: Poesiasonline.com

Deixe uma resposta