Minha alma te ENCONTROU

Corro em busca de um lugar
Um lugar seguro
Um lugar em que minha alma se liberte
Procuro o ar fresco das rosas
Procuro a paz do silêncio
Procuro a paz do sorriso perdido
Procuro águas cristalinas
Procuro e corro em busca do que ainda resta
Procuro e corro em busca do meu vale secreto
Procuro e corro em busca da minha paz de outrora
Procuro e corro em busca de minha felicidade desejada
Acho o que procuro
Paro de correr
Vejo-te
Meu nada
Meu tudo
Minha alma
Meu coração
Minha mente desprovida de razão
Meu abrigo
Minha brisa
Minha água cristalina
Minha última lágrima rola
Minha dor desaparece
Meu coração acorda
O amor renasce
Agora sinto-me feliz
Sinto-me tua
Sinto-te meu
E a vida continua
Sem dor
Sem mágoa
Sem ira
Sem medo
Estou contigo
E sei que agora nada importa
Enfim minha busca cessou
Meu coração acalmou
Minha mente acordou
Minha alma te encontrou

One Response

  1. Juraci Rodrigues da Silva 26 de julho de 2012

Deixe uma resposta