Meu Silêncio

Foi em uma manhã qualquer quando meu celular tocou, acordei meio zonza e quando fui dizer “alô” vi seu nome no visor da tela, e acabei não dizendo nada. Meu coração acelerava cada vez mais a cada segundo, tinha a impressão que ele podia ouvir as pulsações do outro lado, mas fiquei ali, meia tremula, porém em silêncio. Ele também não disse nada ficamos por alguns minutos ouvindo só a respiração um do outro, bobo não é? Mas pra mim foi uma das melhores sensações que já senti, eu sabia que ele estava ali, mesmo distante me senti tão perto, mesmo sem ninguém dizer uma palavra sequer eu pude perceber que ele ainda se importava comigo, e queria saber como eu estava. Até que ele desligou, devia ter se incomodado com meu silêncio, porém esse silêncio significava o quanto eu ainda o amava e o quanto eu desejava ele perto de mim, mas não tive coragem de dizer e bastou só o meu silêncio.

(Polyne Franco)

Deixe uma resposta