Errei

Errei por não perceber
No instante que te encontrei
Que teus poemas, tuas palavras
Teus carinhos teus afago
Não eram para mim, eram para outra
Que tinhas se apaixonado

De tanto que me iludi
De tanto pensar em ti
Vivo contigo a sonhar
Nem sei por quanto tempo
Vou viver aqui sonhando
E sempre na esperança
Um dia você me amar…

Estes teus versos singelo
Leio com muita atenção
E cada vez que eu leio
Toca-me no coração
Pensando que poderia
Ser eu! A mulher que um dia
Fez a tua inspiração.

Errei por não perceber
Mas te peço perdão
Por que teus versos me fazem
Eu alimentar, uma doce paixão.

Deixe uma resposta