Como Realidade

As vezes as coisas não são como a gente quer
e mesmo assim a vida traz chances e oportunidades únicas,
que quando desperdiçadas machucam e deixam lembranças

Lembranças de um passado não vivido de um beijo não dado, de uma palavra não dita, de um momento não aproveitado.

Essas marcas dão vida aos sentimentos mais profundos,
E deixam saudades dos momentos não vividos,
Deixam o gosto do beijo não dado, e o sonho das palavras não ditas.

As palavras não vêm.
Os olhos ficam marejados.
Buscamos num sorriso disfarçar
Toda a emoção que nos invade.
E um coração de poeta,
Sensível a tudo, Chora uma lágrima de saudade…

Colhemos as palavras mais bonitas,
As mais ternas, As mais amigas,
Que enfeitassem singelas
O momento da despedida.

Ei-las que chegam, por fim,
Mas deixando sílabas pelos caminhos.
Até a volta,

E um coração de poeta,
Sensível a tudo,
Chora uma lágrima de saudade…

Vera Lúcia Francisco

Fonte: Mensagens e Poemas

3 Comments

  1. LENNON 1 de fevereiro de 2011

Deixe uma resposta