Chik chik chik bum

Chik chik chik chik chik bum!
Chik chik chik chik chik bum!
Pare o bonde, pare o bonde
Que inda vai entrar mais um
Quando eu pego o bonde errado
Vou até o fim da linha
E pra desfarçar as mágoas
Vou tocando a campainha
Outro dia eu distraí
Passeando com meu bem
Peguei o estrada de ferro
Pensando que fosse um trem

Antônio Almeida, 1941
Fonte: Mensagens e Poemas

One Response

  1. dulcineia apostolopulo 4 de fevereiro de 2011

Deixe uma resposta