Cabeça Abandonada

Você conhece alguém que antes de dormir fica remoendo
todos os erros que cometeu durante o dia que passou ?

Antes que o outro dia chegue, ele já se preocupa e planeja
como irá corrigir os erros cometidos no dia anterior ?

Você conhece alguém que, ao acordar, já vê o dia
como sendo uma enorme montanha a ser nervosamente
escalada antes que anoiteça outra vez ?

Ele não consegue relaxar um minuto sequer, ocupando-se
o tempo todo e já pensando no que vai fazer em seguida ?

Ele nem sente o sabor da comida nas horas de refeição?

Tem profundas olheiras, corpo dolorido,
pernas e braços cansados ?

Você conhece alguém que deixa tudo para a última hora
e depois se desespera porque o tempo acaba não sendo
suficiente para ele fazer tudo que andou protelando ?

Ele se queixa que 24 horas são pouco para quem tem
muito para resolver, gerenciar, providenciar,
fazer, fazer e fazer ?

Você conhece alguém que já não consegue se divertir,
já não sabe sorrir, sempre sério, atormentado, exaurido, frustrado
com os poucos resultados que obtém como “paga”
do tanto que faz ?

Ele reclama que os ganhos são poucos, que a família é
complicada, que o chefe é um tirano, que os empregados
são incompetentes e que os amigos só aparecem
quando tudo vai bem ?

Você conhece alguém que responsabiliza a Vida pelas coisas
que não dão certo, que não saem como ele queria ?

Ele se sente um outro Cristo crucificado, sacrificado
e parece um poço de dores e de decepções ?

Você conhece alguém que se imagina sendo o alvo
de todos os problemas e mazelas do mundo ?

Ele costuma dizer que será feliz quando o mundo mudar,
quando as pessoas o entenderem, quando o tempo melhorar,
quando as finanças ajudarem ?

Você conhece alguém assim ?

Será que ele sabe que todo esse caos é atraído por sua
própria cabeça, cheia de pensamentos desordenados ?

Será que ele sabe que tudo que o incomoda é reflexo
do modo como ele pensa, age e interage com o mundo exterior ?

Não seria bom dar-lhe um “toque”, contando que o
“lado de fora” só vai mudar quando ele mudar seu
“lado de dentro” ?

Aqui se espera que você não tenha concluído que esse alguém
é você mesmo, mas se não for, a semente está plantada.

E ainda é deixada uma amorosa sugestão:

adote uma cabeça abandonada
A SUA

Fonte: Mensagens e Poemas

7 Comments

  1. lalá 21 de novembro de 2011
  2. biby 29 de novembro de 2011
  3. bruna 1 de dezembro de 2011
  4. Fernanda 14 de dezembro de 2011
  5. rosimeri 12 de março de 2012
  6. Bárbara Freitas 13 de março de 2012
  7. Ecicléia Campos 22 de maio de 2012

Deixe uma resposta