Belo Belo

Belo belo belo,
Tenho tudo quanto quero.

Tenho o fogo de constelações extintas há milênios.
E o risco brevíssimo

One Response

  1. suelen 2 de janeiro de 2011

Deixe uma resposta