Baralho da Criança

Vida …
é que nem um presente embrulhado num papel colorido.

Tem gente que guarda o presente para abrir depois, mas isso é muito sem graça, legal mesmo é fazer aquela festa, rasgar o papel e abrir o presente… No presente.

Receba no agora o milagre que é sua vida.
Cura …
é quando a gente pega a doença no colo e pergunta o que ela tem.
A gente deixa ela falar e presta muito, muito atenção, e quando ela termina, ja não tem mais nada para curar…

Cure sua vida prestando mais atenção nos aspectos que precisam ser curados.

Magia …
é quando a gente deita no sofá e fica sonhando acordado, imaginando todas as coisas que a gente quer que aconteçam e a gente se sente tão feliz que até esquece que estava imaginando, e quando a gente esquece, as coisas acontecem de verdade…

Deixe a imaginação trazer seus sonhos até você…

Respeito …
é quando a gente descobre que o outro existe. As vezes a gente olha para o outro e só consegue ver a gente mesmo e ai a gente não respeita o outro porque a gente nem sabe que ele está la.

Olhe novamente e redescubra as pessoas ao seu redor…

Solidão …
é quando a gente não sabe se gosta da gente então a gente acha que ninguém vai gostar.
Ai a gente se afasta das pessoas, que nem um bichinho doente, não deixa ninguém chegar perto e se sente muito muito só…
Aproxime-se, deixe as pessoas gostarem de você..

Bom Humor …
é quando a gente descobre que a vida é uma grande brincadeira.
Ai a gente sabe que as coisas que acontecem são de mentirinha que nem nos filmes, então a gente comeca a brincar de viver e tudo fica muito, muito mais divertido.

Seja menos sério e deixe a vida se tornar divertida…

(Baralho da criança (Patricia Gebrin)

Fonte: Mensagens e Poemas

Deixe uma resposta