Apenas ouça-me

De tudo que possuo, defeitos talvez sejam os que em maior quantidade tenho, não nego, e não os escondo, infelizmente são uma realidade.
Não sei amar os que me amam, e sei que isso entristece a quem amo. Luto com toda a sinceridade do meu coração, mas parece que quanto mais tento, mais erro.
Olho você me olhar, com olhar de decepção, e sinto meu coração se transformar em pó. Não há outra pessoa que eu ame como amo você, mesmo que não pareça, e nem acredite.
Queria ser seu motivo de alegria, compartilhar seus momentos bons e ruins, estar ao seu lado para tentar evitar que suas lágrimas escorram, não só da face, mas de sua alma também.
Me alegro com sua alegria, e é assim que quero vê-la, feliz de verdade, diga-me o que eu posso fazer para que isso se realize e assim farei, pois é com toda a sinceridade do meu coração que digo a você que te amo.

One Response

  1. dolores 22 de agosto de 2009

Deixe uma resposta