A atriz Eugênia Câmara

No dia seguinte ao de uma vaia
sofrida no Teatro Santa Isabel, no
Recife.

HOJE ESTAMOS unidos a adorar-te
Tu és a nossa glória, a nossa fé,
Gravitar para ti é levantar-se,
Cair-te às plantas é ficar de pé!…

Ontem a infâmia te cobria de lama
Mas pra insultar-te se cobriu de pó! …
Miseráveis que ferem a fraqueza
De uma pobre mulher inerme, só!

Tu és tão grande como é grande o gênio

One Response

  1. nea pilar 20 de março de 2010

Deixe uma resposta