A moda é tomar água de iceberg

publicidade anuncie

Pedaços de iceberg derretidos e engarrafados são a última moda entre as abastadas famílias da Califórnia. A água é comercializada sob o nome de Borealis e a campanha publicitária divulga o produto como “a mais pura das puras”. O slogan tem uma explicação: a água francesa, líder de mercado até agora, percorre um caminho de dez anos entre rochas vulcânicas que a purificam e a enriquecem; por outro lado, os pedaços de iceberg mais jovens datam de cerca de dez mil anos, tendo sido congelados muito antes da Terra começar a sofrer os efeitos da contaminação ambiental. Mas os competidores franceses já começaram a desqualificar a pureza da “nova” água, afirmando que “provavelmente o líquido contenha restos de urina de animais polares”. As autoridades locais se entusiasmam pensando que, ao persistir a “moda” da água “mais pura entre as puras”, seu valor de mercado poderia superar até mesmo o do petróleo. Uma garrafa dela chega a custar atualmente US$ 10.

Fonte: Portal de Curiosidades do Terra

Um, dois, tres, já! Troquem de pista!

Até o ano de 1965, os carros na Suécia trafegavam pela pista da esquerda. A conversão do tráfego para a pista da direita foi aplicada em um dia de semana, às 5 horas da tarde. Todo o trânsito parou neste horário, e as pessoas trocaram seus carros de lado. Este curioso método foi escolhido para evitar que motoristas sonolentos ou desligados saíssem de carro de manhã cedo e esquecessem que este era o dia da troca de pistas.

Fonte: Portal de Curiosidades do Terra

Profissão: comedor de lesmas

Nos países pobres as pessoas precisam fazer coisas absurdas para se sustentar. Em Uganda, por exemplo, há o ofício informal de comedor de bichos (vivos). Pessoas que são pagas para provar especiarias exóticas como lagartas, cobras, lesmas, sapos, ratos, insetos, etc. Namenya, um jovem que morreu recentemente por ter ingerido um camaleão, cobrava cerca de R$1,7 para degustar uma cabeça de cobra ou lagarta, R$1,15 pelo sapo, R$0,57 pelo rato e R$0,23 pela borboleta.

Fonte: Portal de Curiosidades do Terra

Hunos apostavam a própria vida no jogo de dados

O jogo é tão antigo quanto o ser humano. Segundo crônica de Santo Ambrósio, os hunos apostavam até a própria vida no jogo de dados. Se por acaso o vencedor perdoasse o perdedor, esse cometia suicídio, pois -além da vida- havia jogado a própria honra.

Fonte: Portal de Curiosidades do Terra

Para seita soviética, Bíblia fixava limite para vida humana em 40 anos

Ainda ao tempo do regime soviético, foi descoberta em pequena aldeia dos Montes Urais, a “seita dos subterrâneos”. Os adeptos achavam que a Bíblia fixava o limite da vida humana em 40 anos. No dia do 40º aniversário, o aniversariante era conduzido para dentro de uma caverna, sem comida, onde morria por desnutrição.

Fonte: Portal de Curiosidades do Terra

Correr ao redor da Terra levaria 175 dias

O diâmetro da Terra foi calculado pela primeira vez por Eratóstenes, em Alexandria, entre 276 a.C e 196 a.C. Utilizando apenas cálculos matemáticos baseados nas projeções de sombras em diferentes lugares, o estudioso chegou ao resultado aproximado de 40.000 km. Hoje em dia, sabemos que a Terra possui 39.830 km, espaço que poderia ser percorrido por um maratonista que corresse sem parar, na velocidade média de 9,5 km/h, por aproximadamente 175 dias.

Fonte: Portal de Curiosidades do Terra

Vilarejo espanhol tem apenas uma criança

O pequeno vilarejo de Vallfogona de Riucorb, na Espanha, esteve em festa do dia 11 de outubro de 2001 para comemorar o nascimento de Ágata Brun Ubach, a primeira criança a nascer no local nos últimos 16 anos. Situado na fronteira entre as províncias de Lérida e Tarragona, o povoado tem uma média de idade de 60 anos e Ágata é a única criança. A maior parte dos 50 moradores participou dos festejos e levou presentes ao bebê recém-nascido.

Fonte: Portal de Curiosidades do Terra

Projetos políticos no mínimo diferentes

Proposições excêntricas de deputados e senadores fazem o anedotário dos parlamentos de todos os países. No Brasil, há coisas tão extraordinárias como o projeto de um ex-deputado gaúcho que desejava

Inglês quer se casar com o videogame

Enquanto muitos passam a vida a procura do verdadeiro amor, Dan Holmes, de 29 anos, busca por um padre que aceite celebrar a cerimônia de casamento entre ele e seu par: um videogame Playstation2. O inglês, morador da cidade de Oxfordshire, alega já ter gasto cerca de sete mil libras (aproximadamente R$23,5 mil) em cartuchos e consoles, e quer que o próximo passo de sua relação com o aparelho seja o matrimônio. Dan, que ainda não conseguiu formalizar seu amor religiosamente, já o fez de forma legal, mudando seu nome para Playstation 2. A Sony, fabricante do videogame, afirmou que o caso mostra uma “enorme lealdade” do jogador.

Fonte: Portal de Curiosidades do Terra