Mulher completa

Que mulher me judia e me alucina
Vez humilde, vez poderosa e vez calada
Com jeito de mulher, moça e menina
Sabendo agir cortês e também despudorada

Qual mulher poderia ser assim
Talvez miragem ou sonho acordado
Vendo você e sentindo em mim
Entendo ser eu por Deus abençoado

Não bastasse toda essa emoção
Poder ser mãe, amante, mulher ou vadia;