Mesmo depois de tudo, tenho SAUDADES

publicidade anuncie
Recado Facebook Mesmo depois de tudo, tenho SAUDADES

Estou com tanta saudades…
Saudades de você…
De sua voz…
De seus olhos…
De sua boca…
Seu toque, seu afago…
Estou com saudades,
De seu cheiro, seu abraço!
Estou com tanta saudades…
Saudades que dói
Saudades que agonia meu coração…
Saudades que não tem fim
Estou com saudades de você
Saudades amor…
Saudades de seu amor
De seu carinho…
Saudades, que sei, é só minha
Saudades de um amor
Que só eu senti
Só eu sonhei
Só eu amei…
Estou com saudades
Mesmo lembrando que foi tudo uma mentira…
Estou com saudades de você
Se o tempo voltasse
Seria tudo igual…
Mesmo sabendo que não foi real
Mesmo sabendo que foi uma doce mentira…
Mesmo sabendo que suas juras de amor
Nada foi real, tudo mentira.
Nada foi verdade sua, mesmo assim…
Se o tempo voltasse amor
Viveria tudo de novo com você!
Estou com saudades, ela está doendo.
Está apertando meu coração…
Estou em prantos a pensar em você
Estou sofrendo demais
Essa saudades dói…
Queria só por um minuto
Escutar tua voz, como no início.
Tão terna, tão linda.
Tão doce…
Minha alma se elevava
Meu coração vivia, tinha você!
Hoje minha alma vaga
A te procurar, e não encontrar…
Meu coração sangra de dor
Estou com saudades amor…
Saudades de ser amada
Mesmo enganada…
Estou com saudades amor
Estou com tantas saudades de você!

If I Were a Boy – Beyoncè (tradução)

Se eu fosse um garoto
Nem que fosse por um dia
Eu levantaria da cama de manhã
E sairia pra onde eu quisesse ir
Beberia cerveja com os caras
E depois caçaria garotas
Eu daria um fora em quem eu quisesse
E eu nunca teria que entrar em confronto por isso
Porque elas se sobressairiam por mim

Se eu fosse um garoto
Eu acho que entenderia
Como se sentir por amar uma garota
Eu juro que seria um homem melhor
Eu a escutaria
Porque eu sei como magoa
Quando você perde alguém que queria
Porque ele é tomado de você
E tudo que vocês tinham foi destruído

Se fosse um garoto
Desligaria meu telefone
Diria a todos que ele está quebrado
Então eles pensariam que eu estaria dormindo sozinho
Eu me colocaria primeiro
E faria as regras pra seguir
Porque sei que ela estaria confiante
Esperando que eu volte pra casa
Que eu volte pra casa

A Humana Súmula

A Piedade deixaria de existir
Se não fizéssemos nós os Pobres de pedir;
E a Compaixão também acabaria
Se a todos, como nós, feliz chegasse o dia.

E a paz se alcança com mútuo terror,
Até crescer o egoísmo do amor:
A Crueldade tece então a sua rede,
E lança seu isco, cuidadosa, adrede.

Senta-se depois com temores sagrados,
E de lágrimas os chãos ficam regados;
A raiz da Humildade ali então se gera
Debaixo do seu pé, atenta, espera.

Em breve sobre a cabeça se lhe estende
A sombra daquele Mistério que ofende;