Tortura

Fecho os olhos,
tapo a boca,
mais continuo a sentir.
O brilho das estrelas,
e o gosto do amor.
Tampo os ouvidos,
paro a respiração,
mais continuo a ouvir
os sussuros das noites
e a sentir o cheiro da
salvação.
Tento não lembrar
e o tempo parece esquecer.
As noites em claro,
só de pensar em você.

publicidade anuncie

Comentários Facebook

Deixe uma resposta