Madrugada serena

Madrugada que se achega… mansa e serena,
Encontra-me aqui a divagar,
Deitada em colchão de estrelas,
Lindos sonhos a sonhar!
Minha cabeça repousa sobre poemas,
Ouço dos anjos a música em ritmo lento.
De meu criador posso sentir a presença,
Nos uivos sutis do vento.
Madrugada serena és a musa de meu adormecer,
Embalas com suavidade os acordes de meu coração,
Transpassas com magia as barreiras do real,
Trazendo para o meu infinito uma doce oração.
Como uma deusa bela e suprema,
Presenteias-me com o mais belo luar,
Dos enamorados a mais sublime inspiração,
Galgas o tempo em bravo galope,
Torneias o universo em brados de emoção.
Enfim bela madrugada serena,
Adormecida ainda estarei nos primeiros raios da alvorada,
Despertarei para de ti me despedir com suspiros de saudades,
Como um ser apaixonado se despede da sua enamorada!

publicidade anuncie

Comentários Facebook

Uma ideia sobre “Madrugada serena

Deixe uma resposta