Amor bandido

Quero-te cada dia mais e mais!
Seduzir-te deixar cansado.
Quero-te em cada despedida,
Em cada lágrima sentida.
Quero-te matar de desejo,
Sentir cada loucura em mim,
Sem resistir todos os beijos meus,
Na hora do amor bandido, explícito.
O nosso amor é bandido cúmplice,
Eloqüente, presente.
Quero-te presente em mim,
Encanto-te caço no ato do amor.
Com êxtase, com melodramas,
Não existem palcos, nem ator.
Quero-te porque quero.
E nessa loucura, me entrego ao ato,
Aos beijos saciados encantados,
Seduzir-me completar cada desejo,
Com cada toque, no ato do amor…

publicidade anuncie

Comentários Facebook

Uma ideia sobre “Amor bandido

Deixe uma resposta